Meia década!

Hoje, dia 24 de Junho de 2011, estamos fazendo meia década de namoro, 5 anos, e o que será nosso último ano enquanto apenas namorados! O primeiro ano foi quase uma eternidade as brigas – que não eram poucas – faziam o tempo passar ainda mais devagar, porque acostumar-se com uma pessoa, e acostumar a aceitá-la da forma que ela é, sejamos sinceros, é muito difícil! Era ciúmes pra cá, implicância pra lá, impaciências, irritações, chororôs, mas no final de todos os chororôs eram os abraços sinceros, os beijos que pareciam os últimos beijos que daríamos um no outro e a certeza de que se cada obstáculo daqueles fosse vencido que estaríamos então caminhando na direção certa.

E não vou negar, cada ano surgiam novas complicações, novos obstáculos e novos desafios para um casal que já era brigão por natureza. Só que em meio a isso tudo foi surgindo amor, muito amor, respeito. Aprendemos a conviver com os nossos defeitos, nossas diferenças, e a deixar que a razão ficasse um pouco oculta para que o coração falasse mais alto. E no final ele falou, falou tão alto que precisou falar três vezes para a minha ficha cair. E lá estávamos nós, agarrados um ao outro e noivos! Entrando em joalherias para um pouco desajeitados e sem graça falar “estamos olhando alianças”. E depois de 9 meses, estamos hoje fazendo 5 anos juntos. Que eu posso dizer que são 5 anos de muito aprendizado, de muita luta e de decisão. Ano que vem, não comemoraremos mais essa data, teremos uma nova data oficial, teremos a certeza de que uma vida inteira pela frente, cheios de novos desafios nós cercará. A certeza de que vencidos esses 5 anos, e com um pouco mais de maturidade e fé um no outro teremos outros 5, 10, 15, 20, 25, 30, 35, 40, 45, 50…e se o tempo permitir mais do que isso em anos para comemorar!

Update para ele: Eu te amo por fazer parte da minha vida como você faz, por me auxiliar em cada decisão de maneira sábia ou não, eu te amo por todas as gracinhas que ninguém entende, eu te amo por você rir das coisas sem graça que eu digo e que ninguém mais ri, eu te amo por você ter o olhar doce quando quer pedir alguma coisa, a forma com que você entorta a boca quando vai me falar alguma coisa bonitinha, a forma que você desvia o olhar quando está tentando disfarçar algo. Eu amo o jeito espontâneo que você tem de ser, os seus momentos de gana que me sufocam. Eu te amo exatamente por você ser essa pessoa um pouco desastrada, um pouco séria, um pouco confusa e por ter tido fé. Principalmente fé, de que eu sou assim, a metade da sua laranja, a tampa da sua panela, a bohemia que faltava no seu copo e etc.

E agora me resta esperar os 9 meses 3 semanas e 6 dias passarem voando para enfim, sermos não mais namorados, não mais 2 pessoas, mas um só!

One thought on “Meia década!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s