Nasceu: o dia em que eu conheci o maior amor do mundo

Finalmente estou tendo um tempinho na maternagem para postar o relato do dia mais importante da minha vida, o nascimento da minha tão amada filhinha Valentina.

Graças a Deus o papai conseguiu participar desse momento mágico em nossas vidas, pois eu estava muito preocupada em não dar tempo, em ela adiantar…mas na quarta-feira dia 17 fizemos nosso último Ultrassom, papai foi junto curtir os últimos momentos de barriga. Lá descobrimos que nossa pequena não só estava com 3,185kg e aproximadamente 51cm como também vimos que ela estava pronta. Foi aí que liguei para Denise e pedi para adiantar a cesárea que estava marcada para segunda dia 22, e fazer o parto na sexta, dia 19.

Por incrível que pareça de quinta para sexta eu estava tranquila, sem desespero nem nada, pronta para ser mãe, pronta pra conhecer aquela que eu carreguei com tanto carinho durante 39 semanas.

Era pra chegar na maternidade (Hospital MadreCor) depois das 13h, cheguei lá as 14h – o parto seria às 16:30 – e enquanto esperava a liberação do quarto eis que a Denise me aparece e me fala que vão fazer o parto antes, que eu nem iria para o quarto, era direto para a sala de cirurgia.

O coração vibrou, mas eu mesmo assim continuava calma que só. Meu medo maior era a anestesia, mas a equipe médica era muito tranquila e logo a anestesia pegou, marido pôde entrar na sala e enfim dentro de poucos minutos nossa pequena princesinha nasceria.

Às 14:12 veio o choro mais gostoso e mais emocionante que já ouvi, a voz da minha filha, da minha princesa. Lembro ainda da Denise falando “nossa, da onde veio tanto cabelo”,  e eu lá bobinha com lágrimas escorrendo perguntando se eu tinha feito uma neném com cabelo. E lá vão me mostrar a baby toda encolhidinha, ainda um pouco engasgada, sujinha de sangue e ainda sim a criança mais linda que eu já vi, minha amada Valentina.

553401_683183428374936_1288185786_n

Valentina Diniz de Freitas o nominho que escolhemos para ela com tanto amor, nasceu com 3,205kg e 49cm, uma bebê grande para uma mamãe pequena, uma bebê calma, cheia de bençãos, saudável ao extremo, e a cara do papai.

Depois marido acompanhou a filhota para os exames de rotina, teste de apgar (que foi 9-10), e começou a maior espera da minha vida, só fui ver minha neném novamente quase 18h pois precisava esperar o efeito da anestesia passar. E juro, nunca me esforcei tanto para mexer as pernas, hahahaha. Assim que deu o primeiro sinal eu já chamei a enfermeira.

Hoje minha pequena completa 1 semana de vida, saudável, boazinha, apaixonante, uma bebê calma e linda, cada dia mais linda. Estou muito apaixonada na minha nova função – mamãe.

Me recupero bem da cesárea, graças a Deus e agora tudo o que eu mais quero é que o tempo passe para eu poder estar lá em casa, em Canaã arrumando o quartinho dela, com ela e o papai dela que infelizmente já foi embora hoje. Serão as 3 semanas mais demoradas da minha vida, mas valerão a pena.

Priscilla.

2 thoughts on “Nasceu: o dia em que eu conheci o maior amor do mundo

  1. parabens pela sua bebezinha saude para vcs!!!! quero acrescentar algo como vc acha que sua filha estava preparada ? deixa a vida seguir seu curso e a melhor opçao flor…….PS =pelo respeito ao nascimento

  2. Eu não posso ouvir ou ler um relato de parto que eu choro.
    É incrivel como mexe comigo, eu fico boba!
    Já tem um ano que minha filha nasceu e eu quando lembro me emociono!
    Parabéns pela sua princesa, muita saúde, paz e amor! beijos meu e da Alice

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s