Carta ao papai

71416_626831187341929_1215401522_n

Querido papai,

Ainda sou muito pequena e ainda não sustento meu pescocinho, quem dirá te escrever, mas pedi para mamãe e ela veio aqui me representando dizer essas palavras.

No dia 23 de Novembro você descobriu que ia ser meu papai, ainda não sabia que eu era uma mocinha, talvez até quisesse um menininho, mas eu já sentia que mesmo sem saber você já me amava muito, e claro a medida com que eu fui crescendo dentro da barriga de mamãe seu amor por mim foi crescendo e o meu amor por você também crescia.

Você foi um papai bem ativo enquanto eu tava na barriga de mamãe, ajudou ela em tudo, pintou meu quartinho – mesmo sendo bem trabalhoso fazer todas aquelas listrinhas, quando mamãe te lembrou que era pra mim você tomou um choque de ânimo e logo estava tudo pintadinho.

Me levaram na barriga para visitar os hermanitos e compraram muitas roupinhas pra mim, e olha papai agora eu tô crescendo muito rápido, e aquele macacão lindo que mamãe escolheu tá ficando pequeno, mas a manta e o babador que você comprou com tanto carinho ainda vou usar por mais um tempo.

Eu sei que você sofreu assim como a mamãe em estar longe durante os últimos meus meses na barriga, mas graças ao papai do céu chegou a tempo de participar do meu último ultrasom e também de estar lá quando eu vim ao mundo pelas mãos da tia Denise. Mamãe acha que você estava tão bobo que não conseguiu tirar muitas fotos, só pra não ter que ficar me olhando só por trás das lentes.

Hoje eu tô aqui papai, esperando pelo colinho que “corajosamente” me pegou com meus 3,205kg para arrotar após cada mamada minha por 7 dias. Mamãe e eu estamos sofrendo com a ausência sua, e sofrendo mais ainda por não estar com você no dia dos papais, logo no seu primeiro dia dos pais. Nosso consolo, papai querido, é que sábado lá pela hora do almoço estaremos juntinhos novamente, e eu vou poder conhecer meu quartinho. Ah, mamãe disse que você montou meu bercinho, mal posso esperar para usá-lo.

Agora papai depois desse saudosismo todo eu quero lhe falar que tenha paciência, eu ainda sou pequena, tenho muita coisa a aprender e espero que você sempre acompanhe meus passos e desenvolvimento. Se eu chorar, mesmo que você esteja caindo de cansaço me pegue no colo e me mime muito, porque eu sei que agora seu mundinho vai girar ao meu redor. Eu não sou de vidro papai, então me ensine a andar, me pegue sem medo, me ajude a nadar, a andar de bicicleta, patinete e patins. Lembre-se também que lá no dia 23 de Novembro do ano passado, nasceu um pai, e que com ele nasceu a responsabilidade de me amar, me educar e me deixar ser a criança feliz que eu sei que serei ao seu lado e ao lado de mamãe. Tenho certeza que você será um pai maravilhoso, e mal posso esperar para também te ensinar a como ser um papai.

Até sabado papai,

e FELIZ DIA DOS PAIS. O seu primeiro de muitos outros…

Eu e mamãe te amamos.

Valentina

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s