Cuidando de mim e da casa!

DSC01276Acho que nasci mesmo pra ser mãe, eu adoro os meus momentos com a minha filha, só eu e ela. Mas eu sou mais apaixonada nos momentos em que aproveito ela com meu marido, aquele momento gostoso em que ela acorda sorrindo e estamos lá pra falar bom dia, na hora do banho noturno que ele segura e eu passo o sabonete, no sábado em que eu levo ela pra acordar ele…pequenos momentos que me dão extremo prazer!

Durante praticamente 3 meses contei com ajuda, da minha mãe, da minha sogra…mas daqui 1 semana seremos apenas eu, marido, Valentina e Melzinha. Confesso que apesar do medo estou bastante confiante nas minhas próprias habilidades de mãe e dona-de-casa, vai ser uma adaptação divertida e ao mesmo tempo encorajadora já que as mães de ambos os lados não acreditam que conseguiremos, pelo nosso histórico de bagunceiros. Mas onde falta organização há vontade de mudar e muito amor para dar.

Semanas atrás fiz um post desabafo contando que eu não havia achado o meu glamour de mamãe (pois o da minha filha tava e sempre esteve lá), andava mal comigo mesma, me sentindo feia…mas tenho corrido atrás do prejuízo…comecei a fazer as unhas,arrumar o cabelo e comprei roupas (coisa mais chata, pois tudo tem que ser pensado em amamentar).

Hoje meu humor já começa a ser outro, mas nada disso seria possível sem o apoio de marido, a quem eu só tenho a agradecer. Logo mais eu voltarei contando como tem sido a minha rotina me virando solo, trabalhando (abri a Emporio Papeterie, em outro post conto mais) e cuidando da filhota, vai ser muito aprendizado pra uma pessoa só!

Voltarei a fazer minhas mesas, começarei a cozinhar e inventar mais na cozinha e pra isso estou em busca de muitas inspirações…então aguardem pois o blog vai deixar de ser tão monotemático. Ainda teremos muito sobre bebês, Valentina, mas também escreverei sobre outras coisas do meu interesse.

Priscilla.

Brinquedoteca: Ginásio Fundo do Mar Fisher Price

Valentina tá naquela fase em que começa as gracinhas, uma fase gostosa cheia de sorrisos lindos e banguelinhas, daqueles que são um passo para a gargalhada, mas  ainda não sai o som da risada por mais que ela se esforce.É também uma fase de descobertas, ela começa agora a descobrir a mão, e o ginásio foi um presente de mesversário que a ajudou e está ajudando muito a se desenvolver.

ginasioO ginásio Fundo do Mar é lindo, super colorido, cheio de penduricalhos que chamam a atenção do bebê, e acredito que foi por causa dele que ela começou a controlar/a querer controlar melhor os movimentos das mãos. Tem um móbile com 2 peixinhos de pano, e um polvo com os tentáculos de pano e a cabeça rígida. Uma baleia com estrela do mar que é chocalho, um mordedor de peixinho, um espelhinho, uma foca com patas ( ???) que fazem barulho ao se baterem, um caranguejo com conchinhas (o preferido da Valentina), e por fim um peixao de tecido que eu faço de travesseiro pra ela brincar ou uso pra brincar com ela de bruços. Além disso tem luzes (amarela e vermelha) e toca 20 minutos de musiquinha.

Ela adora o ginásio e foi sim uma compra maravilhosa, cada dia ela descobre uma coisa nova, ou algo chama mais a atenção dela…dia desses ela agarrou o espelho, mas normalmente fica só chutando e mandando a mão nos bichinhos e ri até quando acerta e eles mexem e fazem barulho.

O preço médio do ginásio é R$399 e nós compramos pelo site da PBKIDS, chegou com 1 dia de atraso do prazo estipulado, mas a culpa é dos correios, eu bem que estava desconfiada pois pra cá o período de entrega é de 15 dias úteis, e foram incríveis 5 dias úteis…gostei bastante e recomendo o site. Ah, e a Valentina recomenda o brinquedo, podem comprar para os seus filhos tranquilos…

DSC00909

Feliz brincando…

DSC00857

De bruços com o peixinho…

DSC00908

Concentrada olhando as luzes e o móbile motorizado…

Concentrada no caranguejo!

Concentrada no caranguejo!

Priscilla.

2 meses da Valentina

2meses

E ontem foi dia de festa por aqui, nossa pequena princesa completou 2 meses de vida e eu só tenho a comemorar pois o presente é meu. Porém ontem foi dia de vacina também e eu fiquei de coração partido, pois é muito dolorido pro bebê, e o que dói na minha filha dói no meu coração de mãezinha. Ela tomou 3 injeções e uma via oral: rotavírus, penta, pneumo e anti-polio…claro que deu reação da penta e ela teve febre, não foi alta, mas foi febre e eu fiquei desesperada.

Mudando de assunto, o desenvolvimento dela está maravilhoso, em 1 mês e meio nossa bebê cresceu 10cm, alcançando os 59cm. E tá gordinha, ontem eu mesmo pesei e está com 5,500kg. Ela já está mega risonha mas ainda não gargalha (e não deve demorar pois ela tem ensaiado), ela já conversa bebeiês “aui” “aaaa” entre outros barulhinhos, mas não grita…

Compramos um  ginásio da fisher price de presente de 2 meses e chegou ainda na sexta passada, ela amou o ginásio e incrível como em poucos dias brincando nele ela desenvolveu…adora chutar a foquinha, presta atenção nas luzes, e mesmo que descoordenada alcança os bichinhos e ri quando eles fazem barulho.

Continua mamando em mim e em livre demanda, e não abro mão disso por nada, é um momento muito prazeroso, pois ela já me olha nos olhos enquanto mama, coisa mais linda!

Linda demais né?

Priscilla.

Testado: Sabonete Líquido Granado

Eu e meu caso de amor com certas coisas…eu amo esse sabonete líquido, o cheirinho, a praticidade, enfim, amo mesmo! Eu nunca testei os outros cheirinhos dos sabonetes líquido da Granado, mas eu uso o amarelinho na Valentina desde que ela nasceu.

DSC00760

Usei durante um mês apenas ele, pois ela tomava banho apenas uma vez no dia, e também fazia uso dele para lavar a cabecinha da Valentina, ela sempre ficou muito cheirosinha e chegava a dar vontade de apertar. Bebês já tem aquele cheirinho gostoso, mas esse sabonete atenuava o cheirinho delicioso da minha filha, e hoje que ela toma 2 banhos por dia (estou quase passando para 3 por causa do calor) é esse sabonete que uso no primeiro banho, logo as 9 horas, para ela curtir o dia fresquinho.

Acredito que todos os fabricantes de sabonetes líquidos e shampoos/condicionadores devam se atentar a essa beleza que é a tampa, de apertar, é uma praticidade só pois com uma mão você segura o bebê e com a outra você tira o sabonete, esfrega no corpinho, tudo com calma e dá pra fazer sozinha sem ajuda. Eu mesmo não dei banho na Valentina na 1a. semana, eu bem que tentei, mas minha recuperação da cesárea devido ao inchaço me causou dor nas costas pela posição que eu ficava na cama, que era mais confortável deitada e que sem ver me causou uma bela dor no pescoço, logo no primeiro banho que eu dei eu não consegui ficar muito tempo segurando ela, só fui capaz de lavar a cabeça e já passei para minha sogra. Na semana seguinte eu peguei de novo para dar banho, consegui, mas ainda contava com o auxílio da minha mãe para espremer o sabonete para mim, depois de um tempo eu quis tentar sozinha e foi sucesso minha independência materna hahahaha!

O cheiro que eu uso na Valentina é esse amarelinho mesmo, mas a Granado tem ainda o de Lavanda (roxinho) e o de Erva Doce (verdinho), ainda não testei, mas dizem que a duração do roxinho é excelente, então deve ser mesmo porque o amarelo já dura muito! Sobre a duração eu gasto 1 por mês aqui em casa, amanhã mesmo a Valentina completa 2 meses e tenho usado este já tem quase um mês, olha só aonde ele ainda está. E veja bem, uso ele na cabeça e no corpo, mas hoje eu comecei a usar shampoo e condicionador nela, acho que já tava na hora (post em breve).

Aqui em Canaã pago R$14,00 nesse sabonete. Acho um preço digno, mas em outras cidades deve ser mais barato.

Priscilla.

Cadê aquele glamour todo?

DSC00454Quando me vi grávida me imaginei assim: mamãe de salto alto, cabelos bem loiros (já que eu voltaria a fazer luzes) e bem escovados, unhas curtas porém bem feitas em esmalte rosinha ou nudezinho (tô nessa fase), maquiagem pro dia a dia, empurrando um carrinho com uma princesa impecavelmente vestida…eu me via assim claramente, mas não é nada disso que tá acontecendo!

Hoje a maternidade, por minha culpa mesmo, me deixou relapsa comigo. A um mês não faço as unhas, cabelo escovado só de vez em quando, salto alto? nem pensar! maquiagem quase nunca e roupas, que roupas? Me sinto pelada pois minhas roupas precisam ser práticas para amamentar…eu mesma perdi o tesão em mim!!! E estou desabafando pois isso cada vez mais me deixa agoniada. Mas por outro lado a Valentina anda impecável…

Eu pensei que seria tal qual as globais, engravidam, e logo após parir o bebê estão lá todas trabalhadas no glamour (e claro em milhares de babás, cabeleireiros…) mas eu??? Eu tenho ciúmes da minha filha, medo de deixá-la por muito tempo sozinha com alguém, vai que esse alguém não concorda com a forma que eu gosto de criar minha filha? E se deixarem ela chorando?

Eu voltei meu peso todo em 20 dias, eu estou apenas diferente por causa da amamentação, mas eu não aprendi a tirar um tempo pra me cuidar, não não aprendi mesmo, eu tenho medo de começar a fazer as unhas e ter que parar pra pegá-la, o cabelo eu faço o mais prático e correndo, meus bons e velhos cachos com pranchinha…cadê a Priscilla que se cuidava, que usava salto e que se deliciava com ela mesma escolhendo a roupa para sair…me perdi de mim mesma no meio da maternidade e hoje busco desesperadamente achar o glamour com que eu sonhava quando fosse mãe.

Esse post é pra ver se eu tomo vergonha na minha própria cara…também agora já vejo uma luz no fim do túnel pois a minha filhota criou para ela uma rotina muito boa, para nós duas!!! Ela dorme as 19:30 e vai 9 horas seguidas de sono gostoso, acorda, mama e volta a dormir mais 1 hora,  eu não preciso de 9 horas seguidas de sono, então se das 19:30 até as 21 horas eu tirar um tempo pra mim serei uma pessoa e mãe bem mais feliz.

E eu amo ser mamãe, encontrei na minha filha a vocação da minha vida, hoje sou muito mais completa!

Priscilla.

Testado: Cetrilan, da Theraskin

Durante a gestação eu li muito a respeito do universo dos bebês, muitas resenhas de produtos e claro, como toda mãe só quero o melhor para minha filha. A medida em que o parto da Valentina se aproximava eu ia comprando produtos para a higiene dela (muitas outras resenhas virão), e uma das coisas que eu pesquisei bastante mesmo foi pomadas e cremes de assaduras. Uma das maiores preocupações das mães é com as assaduras e a gente faz de tudo para prevenir, então a pomada foi algo que realmente levei em conta. Escolhi 2 pomadas, uma para o dia e outra para o período noturno, e é sobre essa última que falo a seguir:

DSC00670

Optei pela Cetrilan e posso dizer que a menos que eu não a encontre mais, é ela que irei fazer uso noturno! É um creme, de cheirinho suave (pra mim cheira um pouco a hipoglós, só que bem menos acentuado), textura densa e é composto por Cetrimida, óleo de amêndoas doce e óleo de calêndula. Promete proteger e hidratar a pele do bebê, pois a cetramida tem ação anti-séptica, o óleo de calêndula é um anti-inflamatório natural, além destes sua formulação conta também com lanolina (ação emoliente), óxido de zinco (ação secativa) entre outros…

Quanto a textura não é a preferida de várias mom’s por aí, ela é bem espessa, eu gosto pois de fato forma uma camada protetora, pois é no período noturno que a Valentina passa até 8h com a mesma fralda, e quando vou trocar a fralda ainda tem resquícios lá. Claro que o fato de ser espessa a torna mais difícil de limpar, mas nada que algodão com água e higiapele não resolvam.

DSC00673

No quesito embalagem é uma das coisas que eu amo, pois é uma bisnaga mais gordinha e mais rígida, com tampa em estilo flip flop que deixa o uso mais prático, tenho horror a pomadas com tampa de rosca, até você rosquear já saiu um monte de produto. Contém 40g e dura bastante, a minha primeira está no final, mas já estou com outra na reserva.

Minha filha nunca assou, e por morarmos em cidade de altas temperaturas é comum as crianças assarem. Dia desses o pescocinho deu sinais de que iria assar, corri e passei a Cetrilan, 2 horas depois estava tudo clarinho novamente. Não sei como é o desempenho da mesma quando a assadura já está presente, felizmente.

Vale o preço que pagamos por ela, é bem mais cara que as outras, em Uberlândia paguei cerca de R$24, já aqui em Canaã o valor dela é R$29, e não é fácil de achar, imagino que breve eu vá ficar orfã da minha queridinha, Deus queira que não, pois  em time que está ganhando não se mexe. É uma excelente pomada, vale a pena sim investir nela!

Priscilla.

O Quarto da Valentina!

Finalmente conclui o quarto da minha lindinha, foi tudo feito com muito carinho, e muitas das coisas feitas por nós mesmos…é o meu quarto preferido da casa, aquele que eu sei que tem mais amor envolvido, afinal, foi pintado pelo papai e pela mamãe, tem todo o layout escolhido pela mamãe, quadro de maternidade que vovó Vanilda fez, tem kit de higiene “herança de família”, pois era de um jogo de chá da minha mãe, ganhou quando ela casou. É o post que eu estava mais ansiosa para fazer, mas só ontem marido e eu terminamos de colocar as prateleiras para colocar alguns brinquedinhos dela. Estou apaixonadíssima no quartinho da Valentina, vejam:

DSC00634Lembram do quadro da porta de maternidade? Pois agora ele enfeita a porta do quarto da princesa.

DSC00653O mosquiteiro do berço foi feito pela minha sogra, eu comprei o tule e o bico de renda.

DSC00656 O dossel era uma das peças que eu não abria mão quando comecei a planejar o quarto.

DSC00655O jogo de berço optei por ser todo branco, assim eu não enjoaria. Foi presente da bisa da Valentina, todo de richelieu que era meu sonho, e para não ficar tão clean assim e deixar um pouco mais romântico escolhi os lacinhos em rosa bebê. Comprei  pela Jutnet Bordados do Ceará, e recomendo muito. Eu já tinha comentado muito sobre a ovelha da Cloud B dela né, depois farei um post-resenha da bichinha (que acabou por influenciar a compra de outras ovelhas para o quarto)

DSC00654Optei apenas por ter cômoda no quarto, e coube todas as coisas dela, em cima fica o trocador, que combina com o kit de berço, e o kit de higiene, que aproveitei um conjunto de chá em prata de lei que minha mãe havia ganho, jóia de família sabe? Deixou mais especial ainda, e tem muito significado pra mim – fora que eu sempre cobicei essas peças, hahahaha.

DSC00661

Na prateleira por cima da cômoda vão as ovelhinhas argentinas dela, que mamãe comprou com tanto amor. A caixinha que minha sogra fez,  com o tecido do quadro de maternidade e dos sachês da lembrancinha.  O “V” também comprei em Buenos Aires.

DSC00662Coloquei 3 porta retratos entre a prateleira e a cômoda e em uma delas uma frase bonitinha, porque minha filha de fato é minha obra de arte favorita. Ameiii

DSC00664O trocador, a caixinha com lenços umedecidos, alguns remedinhos e ao fundo a bandeja do kit de higiene.

DSC00666A bandeja eu optei por comprar de mdf, minha sogra pintou de branco e eu coloquei as cantoneiras de resina. Nela ficam as chupetas (que a Valentina não pegou), o perfume – que ainda não uso, mas é o Petit et Mamans, higiapele para misturar na água para limpar o bumbum, e óleo johnson’s para quando a pele está ressecada, o potinho aí é kit de manicure, e nos de prata ficam cotonetes, algodão quadradinho e água.

DSC00657 Na outra parede coloquei outras duas prateleiras, para colocar os presentinhos e brinquedinhos. A começar por essa orquídea que ela ganhou do meu padrinho, é no sapinho porque a mamãe dela gosta!

DSC00659Aqui a lembrança do niver da Rafaella, livrinhos que li na gestação e o camelo que a tia Vera trouxe de uma das viagens dela.

DSC00658Em outra prateleira estão esses outros presentinhos.

DSC00669Espero que gostem tanto quanto eu.

Priscilla.

Brinquedoteca: Cadeirinha/Bouncer Crescendo Comigo Fisher Price

1bouncer

O Bouncer é o brinquedo mais recomendado na hora de montar o enxoval, é 8 ou 80, muitas mamães tem e os pequenos amam, ou detestam mesmo de nem chegar a usar depois…não dá nem pra insistir. No chá da Valentina (aquele lá em Uberlândia) minha tia deu de presente e confesso que estava louca para usar, mas só sábado montamos. Eu até ensaiei várias vezes a montagem, mas achei que o marido fosse gostar de participar desse momento, afinal, tudo o que é pra ela a gente faz com mais gosto.

O modelo que ela ganhou foi o Crescendo Comigo Sapinho (a mamãe que vos fala ama sapinhos), ela foi feita para acompanhar o crescimento do bebê, podendo ser cadeira de balanço ou convertida numa cadeirinha para sono (tipo bebê conforto), e claro comporta até 18kg. Tem um móbile com 3 brinquedinhos, sendo um deles um sapo que toca musiquinha. Ah ela também tem vibrações, que eu acho meio forte para recém nascido mas a Valentina parece não se importar.

DSC00472

Ainda tem o assento lavável, o que é ótimo, pois um dia desses a Valentina regurgitou e acabou por sujar um tikinho. Além disso é super colorido e agradou muito a Valentina que fica na cadeirinha quietinha enquanto eu almoço, assim poso ter um tempinho pra fazer outras coisas e descansar o colinho. Enfim, por aqui a cadeirinha é sucesso absoluto! E ganhou o selinho “Valentina ama!” hahaha.

Priscilla.

Cadê o sono?

sono

Estou ainda tentando adaptar a rotina de sono da Valentina, pode parecer que não, mas eu estou sim satisfeita com o resultado…Mas antes deixa eu explicar: antes dos 20 dias a Valentina parou de dormir o dia inteiro, ela dificilmente estava tirando sonecas a tarde. As vezes dormia um dia sim, o outro não a tarde, e a noite ela acordava a cada 3 horas para mamar. Com 29 dias, ela simplesmente dormiu 5 horas seguidas pela primeira vez na vida dela, e claro…parou nessa época de dormir a tarde. Pra mim o resultado é o melhor possível porque pelo menos ela não está trocando o dia pela noite.

E a rotina? Gente, não que eu critique quem segue a rotina EASY do encantadora de bebês, aliás, eu li por alto a respeito e tentei um dia, mas achei que essa fase ela precisa que eu adapta-se a ela e não o contrário, a minha filha vai crescer um dia e vai ter rotina pro resto da vida, não vou coloca-la (não agora!) numa rotina rígida. E depois a coisa tem fluído e ela vem criando a própria rotina.

Como estamos então? As 5:30 da manhã, as vezes às 6 horas é a hora em que ela acorda de vez, troca a fralda, mama e arrota e até as 7 horas ela está despedindo do pai dela que está indo para o trabalho, aí ela já toma um  banhozinho de sol (por aqui o banho de sol tem que ser bem mais cedo, pois as 8:30 já tá o bicho pegando todo mundo esturricando no calorão, acho que fica muito forte. Aí ela troca a fralda de novo e lá pelas 8:40 já tá no peito – ela mama muito sim em intervalos a tarde bem menores que 3 horas – e aí toma banho, mama de novo e cochila, mas é um cochilo tão tão tão leve!

Inicialmente eu achei que se eu não fizesse barulho eu poderia conservar ela dormindo por mais tempo durante a tarde e talvez assim eu pudesse fazer algo aqui em casa, mas o fato é que ela TEM que acostumar com o barulho de dia. Optei então por, se ela dormir bem, se não dormir, ok…ela tem dormido bem a noite mesmo.

Logo ela passa a tarde inteira no lenga lenga…mama, arrota, troca fralda, vai pro carrinho, ou pro bouncer (futuro post em breve sobre ele) e finalmente as 19 horas, no máximo 19:30 ela toma um segundo banho, mama e capota. Essa noite ela dormiu 7 horas seguidas pela 2a. vez, acredito que agora ela esteja entrando nessa do soninho de 7 horas a noite, eu não acordo pra mamar, porque ela mama bem durante o dia.

As 20:30 no máximo ela já está dormindo o soninho dos anjos no bercinho dela, e eu e marido dormimos também. A noite ela não dorme com luz acesa no quarto nem abajour, eu deixo a porta fechada e acompanhamos pela babá eletrônica tudo. Assim as 3:30 ela acorda, troca de fralda, mama, arrota e volta a dormir mais um soninho.

Eu prefiro assim, ela acordada o dia inteiro mamando, as vezes adormecendo no colo depois, mas dormindo a noite do que de outro jeito. E além disso a amamentação dela é exclusiva, não acordo ela pra mamada alguma das 23 horas ou coisa do gênero, e não dou mamadeira. Bico e chupeta ela não pegou apesar da insistência, já testei 3 modelos de bico e nenhum ela aceitou…mam, avent e nuk genious…NADA!

Ela me cansa durante o dia, mas eu amo o fato desse cansaço ser devido a ela, não tem nada melhor que filho, só tendo para entender o porque as noites em claro (no caso os dias sem soneca alguma) valem tanto a pena!

Priscilla.

Uso e Recomendo: Babá Eletronica

Quando fiz a lista do enxoval da Valentina coloquei uma babá eletrônica no meio, o que pra muita gente é bobagem pra mim é a maravilha na terra. O quarto da Valentina não é tão afastado do nosso, mas também não é tão próximo, e além disso no nosso quarto temos ar condicionado e sim, fazemos uso dele toda noite, daí precisamos manter a porta fechada para refrescar o ambiente. Outra coisa é que sempre houve planos de colocar ar no quarto dela, coisa que com esse calor todo daqui devemos fazer em até no máximo 3 meses. Por este motivo fiz sim questão de babá eletrônica.

Eu não tinha idéia de modelo, mas eu sabia que eu queria com câmera e não apenas sons. Na viagem a Buenos Aires na volta comprei uma babá no dutyfree meio que no ‘escuro’, não tinha recomendação dela, mas li as especificações e ela me agradou muito. Tenho usado desde que a Valentina nasceu  então eu já posso dar uma opinião mais apurada.

O modelo que escolhi foi o TOPCOM BABYVIEWER 4500 e eu me surpreendi mesmo com essa babá:

babyviewer_4500_6072550

  • Tem o visor grande, 3,5 polegadas e colorido, conta também com visão infravermelha para a noite.
  • Tem a opção de pelo ‘nosso’ aparelho conversar com o baby (ainda não usamos bem essa função porque a Valentina ainda é pequena demais)
  • Pelo visor conseguimos ver e acompanhar a temperatura do quartinho da pequena.
  • Toca musiquinhas, várias opções, mas também não usamos essa função direito.
  • A estação dos pais depois de carregada pode ser levada para qualquer canto da casa.

Quando a Valentina nasceu e fomos para casa da minha sogra eu e ela dormimos em um quarto e o Hanieri em outro, por causa do meu pós parto e para ele poder descansar, resultado, como eu estava mais próximo da baby ele levou a babá para o quarto dele e assim quando ela chorava ele ia para lá para me ajudar, porque apesar de estar mais perto dela, era ele quem chegava mais rápido. Foi super útil pra mim, pois me ajudou bastante. Quando ele veio para Canaã e eu fui para a casa da minha mãe, eu e ela dormíamos praticamente coladas, o berço dela era bem grudadinho a minha cama, e mesmo assim eu fazia uso da babá, principalmente quando eu a deixava dormindo sozinha no quarto durante o dia. Já aqui em casa a babá finalmente passou a ter a função e o desempenho que eu esperava dela, a Valentina dorme no quartinho dela sozinha, com luzes apagadas e a porta do quarto escorada só deixamos a luz do banheiro social ligada (o restante das coisas dela chega esse final de semana), assim a base dos pais fica na cama ao meu lado, quando ela resmunga eu acordo para saber o que é, e ela mexe muito a noite, se eu tivesse adquirido uma babá só de sons eu iria perder várias visitas ao quarto dela, pois ela resmunga bastante e logo volta a dormir.

Enfim, foi uma compra que valeu a pena. 🙂

Priscilla.